21/12/2010

Biblioteca Osni Régis



Não muito longe daqui
Entre prédios e automóveis
Existe um raro lugar
Desconhecido da maioria
Que argolada ao relógio ponto
E sempre na correria
(No mesmo percurso
Trilhado dia-a-dia)
Não percebe o portão de ferro
A placa, o caminho do lado
A bananeira cheirosa
O piado do sabiá
Não vê o reino escondido
Onde tudo é singular

A chuva derramada
Escorre como uma bênção
Pela vidraça entreaberta
No telhado e na calçada
Embala meu pensamento
Que se desprende do solo
E foge como o vento
Liberdade conquistada

Procuro logo um livro
Uma cadeira num canto
Ou mesmo um degrau de escada
Bem gostoso pra viajar

Biblioteca Prof. Osni Régis, Avenida Mauro Ramos, nº 1344, Centro/Florianópolis

Horário: de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h

Mais informações: (48) 3223 4833

3 comentários:

  1. Marcialolita!

    Sensação inebriante
    o lugar
    o astral
    a magia
    e...
    Belíssimo poema,amiga!

    ResponderExcluir
  2. Transol lá vou eu....
    Obrigada Mercita

    ResponderExcluir
  3. MAGA....
    Muita energia...
    BJS
    Anto

    ResponderExcluir